Nota: Transtorno no qual a criança, tendo feito anteriormente progresso normal no desenvolvimento da linguagem, perde tanto a habilidade de linguagem receptiva quanto expressiva, mas mantém uma inteligência normal; a ocorrência do transtorno é acompanhada de anormalidades paroxísticas no EEG, e na maioria dos casos há também convulsões epilépticas. Usualmente o início se dá entre os três e os sete anos, sendo que as habilidades são perdidas no espaço de dias ou de semanas. A associação temporal entre o início das convulsões e a perda de linguagem é variável com uma precedendo a outra (ou inversamente) por alguns meses a dois anos. Tem sido sugerido como possível causa deste transtorno um processo inflamatório encefalítico. Cerca de dois terços dos pacientes permanecem com um déficit mais ou menos grave da linguagem receptiva.

Exclui:
Afasia (devida a):
- SOE (R47.0)
- autismo (F84.0-F84.1)
- transtornos desintegrativos da infância (F84.2-F84.3)
Todos da categoria F
Categoria: Transtornos específicos do desenvolvimento da fala e da linguagem [F80]
Grupo: F80-F89 - Transtornos do desenvolvimento psicológico
Capítulo: Capítulo V - Transtornos mentais e comportamentais

CID 10, Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde é uma publicação oficial da Organização Mundial de Saúde (OMS) com o objetivo de padronizar a codificação de doenças.